Calor extremo em São Paulo: aumento drástico de atendimentos e alerta de saúde

Foto/Imagem: Foto : Group Publishing

Pessoa se hidratando debaixo de extremo calor

Em 2023, São Paulo enfrenta uma onda de calor sem precedentes, com temperaturas atingindo níveis recordes. A Secretaria da Saúde do estado reportou um aumento considerável nos atendimentos médicos relacionados ao calor, com 312 casos nos primeiros sete meses do ano, um salto alarmante de 102,5% em comparação com o mesmo período de 2022, quando houve 154 atendimentos. Além disso, uma tragédia foi registrada: uma morte por calor.

A situação é preocupante, e a Secretaria da Saúde está enfatizando a importância de precauções rigorosas durante esta semana, quando as temperaturas podem alcançar níveis extremos. 

Os grupos mais vulneráveis incluem pessoas com mais de 60 anos, crianças com menos de quatro anos e indivíduos com deficiências cognitivas.

Médicos geriatras enfatizam as medidas essenciais a serem tomadas para enfrentar esse calor escaldante, com destaque sobre a importância de manter-se hidratado, ingerindo pelo menos um litro e meio a dois litros de líquidos ao longo do dia, preferencialmente água. 

Ainda aconselham a manter os ambientes ventilados e frescos, vestir roupas leves e evitar atividades ao ar livre entre 10 e 16 horas, quando o sol está mais intenso.

Essas medidas são fundamentais para proteger idosos, crianças e indivíduos com dificuldades cognitivas, que são menos capazes de reconhecer a sede e regular a temperatura corporal. 

A negligência desses cuidados pode resultar em desidratação grave e até mesmo em óbito.

Igualmente, os pediatras advertem especialmente sobre os perigos de deixar crianças dentro de carros durante esse calor intenso, pois o interior dos veículos pode aquecer rapidamente e se tornar letal.

Início da primavera

O início da primavera em 2023 foi marcado por temperaturas excepcionais, com São Paulo registrando 34,7°C no primeiro dia da estação, a temperatura mais alta do ano até agora. 

A mesma marca foi alcançada no dia anterior, consolidando este como o inverno mais quente já registrado na cidade. As médias das temperaturas máximas e mínimas ficaram 2,5°C e 2,2°C acima do normal, respectivamente, para a estação.

Este inverno viu 19 dias com temperaturas acima de 30°C, sendo 13 deles ocorrendo em setembro. No ano de 2021 foi a vez mais recente que a cidade de São Paulo registrou um inverno com temperaturas tão quentes.

Além do calor, São Paulo também enfrentou escassez de chuva, com o volume de precipitação 42% abaixo da média na estação meteorológica do Mirante de Santana. Em todo o inverno, houve apenas 10 dias com registros de chuva igual ou superior a 1 mm.

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) emitiu alerta de onda de calor e baixa umidade relativa do ar, abrangendo várias regiões do país, incluindo a capital paulista. 

A falta de umidade do ar, que chegou a menos de 30% em diferentes partes de São Paulo, agravou ainda mais a situação.

A previsão do Inmet é de que a primavera continue a registrar temperaturas acima da média, com expectativa de mais calor extremo. Para o domingo seguinte, espera-se que as temperaturas se aproximem do recorde de 37,8°C, registrado em 17 de outubro de 2014.

O calor que assola São Paulo em 2023 está causando um aumento drástico nos atendimentos médicos e exigindo medidas de precaução rigorosas. 

A população está sendo alertada para proteger especialmente os grupos vulneráveis e para enfrentar o calor com responsabilidade enquanto as altas temperaturas persistem na cidade.

*Utilizamos imagens de livre exposição e bancos contratados, mas caso alguma imagem ou texto tenha direitos autorais, entre em contato conosco que removeremos imediatamente. Para as publicações patrocinadas: Imagens de produtos, informações sobre serviços e citações são inteiramente de responsabilidade da empresa que patrocina a publicação.

Publicidade

Este site utiliza cookies e tecnologias para personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao navegar em nosso site você aceita nossa  Política de Privacidade.