SP abre vagas para equoterapia inclusiva

Foto/Imagem: Foto: Group Publishing

Bandeira do estado de São Paulo

Programa, gratuito, visa crianças e adolescentes com deficiência moradores da cidade e região

O governo de São Paulo, por meio da SEDPcD (Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência), abriu inscrições para pessoas com deficiência, na faixa etária dos 3 e 18 anos, interessadas em participar do programa Equoterapia Inclusiva. A ação faz parte de parceria da pasta estadual com a Associação de Equoterapia Educacional – Texas Ranch.

As inscrições são direcionadas às crianças e aos adolescentes com deficiência moradores na cidade de São Paulo e região e se estendem até o próximo dia 15 de julho. O anúncio da abertura de cadastros foi feito na última terça-feira (4). O programa é gratuito.

Segundo a secretaria, o objetivo do programa é proporcionar o desenvolvimento biopsicossocial de indivíduo com deficiência, estimulando a socialização, a autoconfiança e a melhora do equilíbrio, tanto da força muscular quanto da coordenação motora, além de promover momentos de lazer por meio de abordagem interdisciplinar, na qual são desenvolvidas atividades lúdicas e “estímulos sensório-motores originários do movimento terapêutico do cavalo”.

“A equoterapia acontece fora do ambiente clínico, em contato com a natureza, o que já proporciona uma sensação de bem-estar essencial para a inclusão da pessoa com deficiência à sociedade. Ao montar em um animal de grande porte como o cavalo, a criança e o adolescente se beneficiam do movimento ritmado que exige a participação do corpo inteiro e estimula, sem que eles sequer percebem, uma melhora na força muscular, na coordenação motora e no equilíbrio”, destaca Marcos da Costa, secretário dos Direitos da Pessoa com Deficiência do Estado de São Paulo.

O programa será realizado no Parque da Água Branca, na Barra Funda, cidade de São Paulo. A pasta informa que o tratamento, que será individual, deve durar, em média, um ano. Mas o tempo poderá ser reduzido ou ampliado de acordo com o diagnóstico do paciente. Durante as atividades, os participantes terão apoio de equipe multidisciplinar, composta por fisioterapeutas, psicólogos, pedagogos, instrutores de equitação, condutores, veterinários e tratadores.

As inscrições podem ser feitas por meio de formulário on-line na página da pasta. “Com a finalização dos tratamentos dos participantes atuais, as vagas ficarão disponíveis e as pessoas interessadas serão chamadas conforme disponibilidade. Os inscritos passarão por anamnese, avaliação multidisciplinar e liberação médica com indicativo da necessidade da terapia, em etapas distintas”, informa a nota enviada à imprensa.

*Utilizamos imagens de livre exposição e bancos contratados, mas caso alguma imagem ou texto tenha direitos autorais, entre em contato conosco que removeremos imediatamente. Para as publicações patrocinadas: Imagens de produtos, informações sobre serviços e citações são inteiramente de responsabilidade da empresa que patrocina a publicação.

Publicidade

Este site utiliza cookies e tecnologias para personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao navegar em nosso site você aceita nossa  Política de Privacidade.